Teatro, poesia, palhaços, oficinas, montagem de espetáculos, assessoria cultural, palestras, produção de eventos, locação de transporte, locação de som, iluminação e muito mais.

17 de maio de 2021

Ações voltadas pra data18 de maio são lançadas pela Ciranduís

A Cia. Cultural Ciranduís – Ponto de Cultura está “Fazendo Bonito” na campanha 18 de maio de 2021.

Todos as atividades idealizadas pela coordenação vêm sendo realizadas de forma virtual, em respeito às medidas de seguranças adotadas contra o Coronavírus.

Durante toda semana foram postadas diversas orientações nas redes sociais da entidade, tendo como ponto alto a oferta de uma Live público com profissionais especializados na área.

A intervenção virtual teve a mediação da coordenadora da Ciranduís, Karol Garcia, com convidados como Priscila Melo (Assistente Social), Willy Kesle (Presidente do Conselho Tutelar de Janduís) e Ikaro Freitas (Assistente Social – especialista em Projeto Sociais e Subcoordenador da Proteção Social Básica da SETHAS/RN)

Agentes de cultura mobilizam representantes da classe artística em Janduís

A agente culturais da Casa de Cultura Popular Vapor das Artes, Drenalina Brito e Mayara Santos mobilizaram representantes da classe artística, quinta-feira, 13 de maio de 2021, às 09h, na sede da Casa, em Janduís/RN.

O encontro objetivou discutir a manutenção da estrutura física da Casa de Cultura, que necessita de reforma urgente. A ideie é produzir uma carta-proposta assinada pelos artistas presentes ao encontro, devendo ser dirigida aos parlamentares e autoridades potiguares.

O documento será elaborado visando melhorias práticas à condição mínima para funcionamento do equipamento instalando para a classe Cultural Janduiense.

Os artistas de Janduís são conhecidos no Rio Grande do Norte, e nacionalmente, por suas contribuições pertinentes ao meio cultural local. Com isso, as mobilizações vão desde intervenções pedagógicas, com temas em saúde.

Zelar pela estrutura da Casa de Cultura Popular Vapor das Artes é valorizar o espaço destinado a construção criativa de Janduís, dando continuidade à canalização das atividades culturais da região em parceria com a Fundação José Augusto.

Estiveram presentes integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural, Fundação Cultural Mestre Dadá, Companhia Cultural Ciranduís, Grupo Cultural Balai de Artes, Associação Comunitária Amigos da Casa de Cultura, Clube de Xadrez Janduiense, além dos mandatos da Deputada Federal Natália Bonavides e dos Deputados Estaduais Isolda Dantas e Francisco do PT.

Fonte: Casa de Cultura Popular Vapor das Artes

8 de maio de 2021

Ciranduís detalha aplicação de recursos recebidos da Lei Aldir Blanc através de subsídio cultural em Janduís/RN.

A Companhia Ciranduís – Ponto de Cultura foi a público prestar contas do subsídio cultural em Live realizada às 19h, sexta-feira, 07 de maio de 2021, com transmissão pelo Facebook e Youtube.

Trata-se do valor de R$ 18.000,000 concedidos pela Prefeitura de Janduís, através do Edital 001/2020 – Rhuann Mallone Dantas de Melo, para manutenção de atividades do Ponto de Cultura.

O valor foi aplicado da seguinte forma:

- Manutenção de piso da sede ............................. R$ 2.925,79

- Aluguel de garagem para kombi ........................ R$ 2.400,00

- Serviços de reparos e manutenção da kombi ..... R$ 4.100,00

- Aluguel de sede referente a 10 meses ................ R$ 4.000,00

- Duas parcelas de IPVA da Kombi ....................... R$   267,07

- ICMS interestadual ............................................ R$   175,57

- Serviços contábeis ............................................. R$   900,00

- Registro de terreno ............................................ R$ 2.400,44

- Manutenção de conta bancária .......................... R$   861,25

O valor total das despesas soma R$ 18.030,12, sendo que o demonstrativo demonstra que todo recurso foi aplicado e o valor de R$ 30,12 é de responsabilidade da entidade.

Toda documentação foi enviada a Fundação Cultural Mestre Dadá em 24 de fevereiro de 2021 para análise da prestação de contas que deverá ser acompanhada pelos órgãos de controle do município.

Caixa d’água relata como símbolo da sobrevivência em Janduís

Uma caixa de água no meio do mato poderia ser transformada num dos símbolos da luta do povo de Janduís pela sobrevivência.

Poderia sim, se essa luta fosse coisa do passado.

Mas não é. Aliás, ela vem se repetindo com mais frequência desde que o Dnocs perfurou o poço, construiu o prédio e instalou um catavento para tirar água das profundezas da terra, em 1958.

De lá pra cá foram 21 anos de seca. O que mudou foi a maneira como as pessoas convivem com a falta de chuvas.

Em 1970, eu tinha 13 anos e trabalhava numa loja de tecidos de José Araruna, em Caraúbas.

Com a seca se alastrando (uma das mais severas do século passado) e a venda de tecidos despencando, ele transformou a loja num armazém para abastecer as frentes de trabalho.

Os “cassacos” compravam arroz, feijão, farinha, café e rapadura através de uma caderneta. Tudo anotado, conferido e confirmado pelo comprador. Era rotina: trabalhavam, recebiam dinheiro, pagavam a dívida e renovavam as compras.

Quando “as pinduras” ficavam mais volumosas, o comerciante transformava o velho “misto” num armazém ambulante e partia para o local de trabalho dos “cassacos”. Sempre no dia do pagamento.

Em meio a pás, enxadas, carros de mão e muita – muita mesmo – poeira, apresentava a conta ao devedor.

Era batata. A inadimplência caía a quase zero depois dessas incursões.

Fora das frentes de trabalho havia muita gente passando fome.

Hoje já não existem as frentes de trabalho, nem “cassacos”, nem os armazéns ambulantes.

Antes, a velha caixa de água de Janduís amanhecia apinhada de gente com roladeiras, galões e carroças-pipas.

Hoje isso também não existe mais.

No final dos anos 1990, com a chegada da adutora Arnóbio Abreu, a velha caixa foi aposentada; o dessalinizador montado pela Funasa, desativado por obsolescência.

Neste final de semana de homenagens a Santa Terezinha, padroeira do lugar, o Sol reinava como nunca. 38 graus na hora do almoço.

À noite corria uma brisa agradável. Muita gente nas calçadas, com um celular nas mãos, navegando nas redes sociais.

Nas conversas quase não há espaço para a meteorologia. Nem para os profetas do tempo, que fazem suas previsões baseadas nos sinais emitidos pela natureza.

A dona de casa reclama do preço cobrado pelo homem do carro-pipa: R$ 80.


PS.: Diferente do passado, quando até feiras-livres eram saqueadas, não há ninguém nas ruas pedindo dinheiro, nem roupa velha, nem “dois real” para a pinga. Mas a seca ainda é um flagelo.

Texto escrito numa rede social, por Vicente Gurgel Neto, em 2 de novembro de 2016.

6 de maio de 2021

Prestando contas com a comunidade


 

Direção da Ciranduís é recebida pelo Chefe do Executivo em Janduís

A direção executiva da Cia. Ciranduís – Ponto de Cultura, foi recebida pelo Chefe do Executivo, o prefeito Salomão Gurgel, às 10h, terça-feira, dia 04 de maio de 2021, no Centro Administrativo, em Janduís/RN.

Na pauta, apresentação da nova coordenação eleita em março de 2021, bem como, a leitura dos recursos recebidos em função da Lei Aldir Blanc, no valor de R$ 18.000,00, através de edital e já prestados contas ao município, estando aguardando parecer dos órgãos de controle.

Estiveram presentes a coordenadora Karol Gracia, a sub-coordenadora Klyvia Santos, a secretária Libégna Bezerra, o tesoureiro Berg Bezerra, além do atual vice-prefeito Elvisney Gurgel.

Ciranduís faz assembleia geral com integrantes

A direção da Companhia Ciranduís – Ponto de Cultura realizou assembleia geral para todos os integrantes, às 18h, segunda-feira, dia 03 de maio de 2021, na sede, em Janduís/RN.

Usando equipamentos de segurança como máscaras, álcool em gel e respeitando o distanciamento social em defesa do Coronavirus, a Ciranduís debateu sobre prestação de contas, realização de Live artística e informes gerais.

Ao final, Manu Gurgel, artista militante do LGBTQIA+ manifestou interesse em conhecer sobre o funcionamento da Ciranduís, com possibilidade de fazer parte dos quadros da entidade.

Outro nome anunciado como parte interessada nos trabalhos da Cia. Ciranduís, foi o jovem universitário Felipe Bandeira, que deverá somar nos próximos meses.

Movimento Escambo comemora 30 anos de história

Grupos articuladores e artistas do Movimento Popular Escambo Livre de Rua celebraram 30 anos de existência, com Live cultural, às 17h, em 02 de maio de 2021.

Foi um momento de matar a saudade, reunir histórias, se divertir comemorando três décadas de um dos maiores movimentos de arte popular da América Latina.

Saíram vários encaminhamentos como a construção de um jornal comemorativo, mais encontros virtuais, além de propostas que devem fortalecer a rede durante o período de pandemia.

 

Cantor e compositor Marcos Lima lança EP Sol Melodia

O cantor e compositor Marcos Lima esteve no lançamento do Projeto EP Sol Melodia, às 19h, dia 1º de maio de 2021, com transmissões no YouTube e Facebook, direto de Janduís/RN.

A Live foi realizada pelo produtor cultural Alex Lima, idealizador do Stúdio AF Produções, com importante participações em vídeos e do músico Carlos Lopes.

A atividade contou com o patrocínio da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Estado, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Festival de Talentos é atração cultural em Janduís

Thaise Fernandes, primeiro lugar

A Live Festival de Talentos Culturais Janduienses foi atração principal da internet sexta-feira, às 17h, dia 30 de abril de 2021, com transmissão do YouTube e Facebook, em Janduís/RN.

Idealizada pelo jovem artista Elman Félix, coordenador do Grupo Star Dace, o Festival contou com a participação da juventude nas modalidades teatro, dança e música.

Grupo Star Dance, anfitrião 

O primeiro lugar foi pra Thaise Fernandes escolhida pela mesa julgado composta por Berg Bezerra, Elvisney Gurgel, Wigna Brito, Gideonia Ramalho e o público de casa.

A atividade contou com o patrocínio da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Estado, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Estratégias de trabalho é discuta pela direção executiva da Ciranduís

A direção executiva da Cia. Ciranduís – Ponto de Cultura, esteve reunida, às 16h, na sede, dia 27 de abril de 2021, em Janduís/RN.

O propósito do encontro foi apresentar o detalhamento da prestação de contas, discutir os passos da entidade diante da pandemia e estratégias de trabalho, num dos momentos mais difíceis da humanidade.

Liderada por Karol Garcia, coordenadora, a direção conta com Klyvia Santos – subcoordenadora, Libégna Bezerra – secretária, Wily Kesle – segundo secretário e Berg Bezerra – tesoureiro.

Eleitos pelos seus pares em 14 de março de 2021, a nova coordenação tem mandato de quatro anos e deve comandar a Cia. Ciranduís – Ponto de Cultura, até março de 2025.

24 de abril de 2021

Camila Lemmertz vai cursar Psicologia

A Cia. Ciranduís – Ponto de Cultura comemora o ingresso de mais uma integrante no Ensino Superior, no ano de 2021.

Trata-se de Camila Lemmertz que deverá fazer matricula para o curso de Psicologia no Centro Universitário Mauricio de Nassau (UNINASSAU), em Mossoró/RN.

Seguem nossas felicitações e todo apoio em mais uma conquista de nossa integrante Camila Lemmertz.

 

 

Arte levada a sério em última live comemorativa

 A programação dos 28 anos da Cia. Ciranduís fechou com uma Live contendo diversas opiniões culturais, sexta-feira, 23 de abril de 2021, às 19h, através do Facebook e YouTube.

A convidada especial e ex-integrante da Cia. Ciranduís, Célia Lima, esteve contando sobre seu momento de crescimento, suas passagens por diversos grupos da cidade, até a atualidade.

Sob comando de Karol Garcia, nossa coordenadora institucional e Priscila Melo, os demais integrantes soltaram a voz falando da importância da cultura popular, sempre com muita alegria.

Participaram da Live Júnior Bezerra, Klyvia Santos, Regiana Araújo, Libégna Bezerra, Camila Lemmertz, Eduardo Cabral e Raldione Bezerra.

Dep. Estadual Francisco do PT

 

Atores do espetáculo “O Fuxiqueiro” falam de sucesso

A Cia. Ciranduís – Ponto de Cultura, reuniu o elenco do espetáculo “O Fuxiqueiro”, em Live comemorativa, dia 22 de abril de 2021, às 19h, através do Facebook e YouTube.

O espetáculo esteve em cartaz no período de 2001 a 2016, fez 375 apresentações, conto com mais de 50 pessoas no elenco, ganhou diversos prêmios e foi o maior espetáculo já registrado em Janduís.


Quem esteve contando histórias foi Berg Bezerra, Caio Araújo, Ryedson Oliveira, Willy Kesle, Thiago Medeiros e José Carlos, elenco que esteve em cartaz em várias conquistas importantes.